La Vita è Adesso

•28 novembro, 2011 • Deixe um comentário
Anúncios

A minha estrada corre pro seu mar

•4 outubro, 2010 • 1 Comentário

Bem que se quis (Marisa Monte)

Bem que se quis
Depois de tudo
Ainda ser feliz
Mas já não há
Caminhos prá voltar
E o quê, que a vida fez
Da nossa vida?
O quê, que a gente
Não faz por amor?…

Mas tanto faz!
Já me esqueci
De te esquecer
Porque!
O teu desejo
É meu melhor prazer
E o meu destino
É querer sempre mais
A minha estrada corre
Pro seu mar…

Agora vem, prá perto vem
Vem depressa, vem sem fim
Dentro de mim
Que eu quero sentir
O teu corpo pesando
Sobre o meu
Vem meu amor, vem prá mim
Me abraça devagar
Me beija e me faz esquecer…

Bem que se quis
Depois de tudo
Ainda ser feliz
Mas já não há
Caminhos prá voltar
E o quê, que a vida fez
Da nossa vida?
O quê, que a gente
Não faz por amor?…

Mas tanto faz!
Já me esqueci
De te esquecer
Porque!
O teu desejo
É meu melhor prazer
E o meu destino
É querer sempre mais
A minha estrada corre
Pro seu mar…

Agora vem, prá perto vem
Vem depressa, vem sem fim
Dentro de mim
Que eu quero sentir
O teu corpo pesando
Sobre o meu
Vem meu amor, vem prá mim
Me abraça devagar
Me beija e me faz esquecer…

Pequeno agradecimento

•14 setembro, 2010 • 2 Comentários

Resolvi tirar esses 5 minutinhos do meu turbulento dia pra escrever esse pequeno texto… apenas para agradecê-lo

Agradecê-lo por ser essa pessoa tão especial… tão única…

Agradecê-lo por sua sensibilidade…. seu carinho… seus cuidados…

Agradecê-lo pela solidez dos seus sentimentos… dos nossos sentimentos…

Agradecê-lo por essa vida que estamos construindo juntos…

Queria agradecer também por todos os momentos de felicidade que tem me proporcionado… todos os momentos de aprendizado… todas as conversas…

Agradecer por todas as risadas que tem me feito dar…

Queria agradecê-lo pelo seu bom humor… por ser adulto quando tem que ser… e me levar de volta a infância nas horas de descontração…

Agradecê-lo por sua força… sua vontade… e por muitas outras coisas…

Mas principalmente agradecê-lo por estar aqui comigo agora… dividindo alegrias e aflições… sentimentos… problemas e planos… dividindo, enfim, a vida…

Obrigada por ser você… te amo!!!

E tres meses depois…

•22 julho, 2010 • 1 Comentário

Na versão mais original de todas….

Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente, eu sei que vou te amar
E cada verso meu será
Prá te dizer que eu sei que vou te amar
Por toda minha vida
Eu sei que vou chorar
A cada ausência tua eu vou chorar
Mas cada volta tua há de apagar
O que esta ausência tua me causou
Eu sei que vou sofrer a eterna desventura de viver
A espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida

Eu tenho… a sorte de um amor tranqüilo

•16 junho, 2010 • 1 Comentário

Todo Amor que Houver Nessa Vida – Cazuza/Frejat

Eu quero a sorte de um amor tranqüilo
Com sabor de fruta mordida
Nós, na batida, no embalo da rede
Matando a sede na saliva

Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia que a gente não vive
Transformar o tédio em melodia…

Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum veneno
anti-monotonia…

E se eu achar a tua fonte escondida
Te alcanço em cheio
O mel e a ferida
E o corpo inteiro feito um furacão
Boca, nuca, mão e a tua mente, não

Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum remédio que me dê alegria…

Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti-monotonia…

En Passant…

•1 junho, 2010 • 1 Comentário

Ando passando pouco por aqui…

Correrias… indo de um escritório pra outro… reuniões atras de reuniões…. aula a noite…. acordo cansada so de pensar no dia que me aguarda…

Já o tempo que me  sobra…. ah esse eu tenho aproveitado da melhor maneira possivel… sempre coladinha na pessoa que tem me feito a mulher mais feliz do mundo… 🙂

Sim estou muitoooo feliz!!!

Quando comecei escrever esse blog eu tava num momento mto delicado… e usei esse espacinho pra colocar todas as minhas angustias pra fora…

Agora…que to vivendo um momento tão especial… prometo tentar escrever mais vezes sobre as maravilhosas sensações de estar feliz… com a vida… com as pessoas…  comigo mesma…

So Happy

•13 maio, 2010 • 1 Comentário

Pra comemorar esses momentos tão felizes que tenho vivido…. resolvi colocar aqui as palavras do amigo e poeta Jorge Vercillo…que estava iluminadíssimo quando escreveu essa canção…

Final Feliz

Chega de fingir
Eu não tenho nada a esconder
Agora é pra valer, haja o que houver
Não to nem aí
Eu não to aqui pro que dizem
Eu quero é ser feliz, e viver pra ti
Pode me abraçar sem medo
Pode encostar sua mão na minha
Meu Amor,
Deixa o tempo se arrastar sem fim
Meu amor,
Não há mal nenhum gostar assim
Oh, Meu bem,
Acredite no final feliz…
Meu amor… Meu amor…

E pra completar uma versão gostosinha nas vozes de Alexandre Pires e Caetano Veloso

* meu…  só meu